Posts com Tag ‘John Galt’

Quem é John Galt?

Publicado: 28 de abril de 2017 por Kzuza em comunismo, liberalismo
Tags:,

IMG_20170428_091548443

Não sei, mas achei que o dia de hoje merecia essa camiseta.

Em A Revolta de Atlas (SPOILER ALERT!!!!), Ayn Rand descreve uma sociedade autônoma que é formada em um vale. Essa sociedade é fundada por John Galt, um engenheiro de mente brilhante que desiste de ser explorado por pessoas que não fazem nada por merecer e decide parar o motor do mundo. Ele começa a convencer outras mentes brilhantes, principalmente empreendedores, a não mais se curvarem às exigências de um Estado parasita que quer apenas sugar os frutos de seus trabalhos e os leva a viver no Vale de Galt.

Quem lê o livro nunca mais é o mesmo. É justamente por isso que, para mim, o dia de hoje demonstra muito a crise moral que vivemos.

A pergunta que sempre faço é: se houvesse a possibilidade de criar uma nação nova, em um território isolado, onde você pudesse escolher quem seriam os habitantes, você preferiria um mundo onde estivessem só os apoiadores do movimento de hoje, ou só os opositores ao movimento de hoje? Se pudéssemos criar um Vale de Galt, você preferiria que ele fosse habitado por indivíduos que preferem submeter suas decisões e vontades a um poder central (sindicatos ou um Estado gordo e poderoso), ou por indivíduos que preferem fazer suas próprias escolhas livremente e realizar trocas de maneira voluntária? Nessa decisão completamente hipotética, lembre-se: sua escolha é excludente, ou seja, você não pode levar os dois lados para o mesmo lugar.

Para facilitar, imagine um mundo sem patrões. Sem empresários malvadões. Sem grandes fazendeiros. Sem exploradores. Um mundo onde reinam apenas os apoiadores do PSOL, do PT, do PC do B, do PSTU, do PCO, do MST, da CUT e da UNE. Imagine esse mundo. Como seria viver nele? De quem essas pessoas reivindicariam dinheiro? Terras? Propriedades? Direitos? Trabalho? Imagine todas essas pessoas tendo que depender umas das outras, somente.

Se essa é a sociedade que você quer viver, leia A Revolta de Atlas e entenda onde é que ela vai parar. Se isso não fizer sentido para você, eu não sei mais o que pode te ajudar.