Posts com Tag ‘deputados’

Aos engajados de mouse…

Publicado: 17 de dezembro de 2010 por Kzuza em Comportamento, Política
Tags:, , ,

Essa semana nossos nobres deputados resolveram aumentar seus próprios salários em mais de 60%. Se não me engano, isso aconteceu também há 4 anos atrás e muita gente ficou revoltada, como agora. Mas a pergunta que não quer calar, brasileiro hipócrita do caralho, é a seguinte: se você tivesse a possibilidade de escolher aumentar seu próprio salário, você também não o faria?

Sabe por que você não pode escolher aumentar seu próprio salário? Porque sua empresa não permite. Como eu já disse aqui nesse espaço anteriormente, se o Brasil fosse administrado também como uma empresa privada, os deputados também não poderiam escolher aumentar seus próprios salários. Aliás, se o Brasil fosse administrado como uma empresa, o nosso dinheiro seria muito mais bem cuidado do que é hoje.

Agora você está aí, revoltadinho, com vergonha de ser brasileiro. É, mas há menos de 2 meses atrás, estava lá fazendo campanha para não votarem na Dilma e depositando seu voto em José Serra. Pergunto: você ainda acredita que há diferença entre os políticos?

Os engajados de mouse agora estão organizando manifestações contra esse aumento de salário dos parlamentares. Ah, bacana! Agora? Depois que o aumento já foi votado? Bando de imbecis. Reunam-se lá na Av. Paulista para protestar, com seus cartazinhos de merda e suas faixas com erros ortográficos. Façam-me rir de vocês, otários. Aliás, façam também os políticos rirem de vocês.

A onda agora é xingar muito no Twitter e no Facebook. Para mostrar aos amiguinhos virtuais que está revoltado. Mas, na calada da noite (ou melhor, do dia), vai lá na urna e vota. Sim, vota em alguém. Vota nesses retardados aí, para contribuir com o continuismo.

E tem gente que acha que isso ainda muda alguma coisa. Acha que pode mudar algo pela Internet. Pois bem, vamos lá. Você assinou o abaixo-assinado pela Lei da Ficha Limpa, correto? E a lei foi aprovada, né? Bacana. E de que merda isso valeu? Tá aí o Paulo Maluf que não me deixa mentir. O problema é você, caro amigo leitor idiota, que assina uma merda dessas e esquece que vive no L-I-S-A-R-B, o país onde tudo acontece ao contrário. Você vai se reunir com mais meia-dúzia de engajados de mouse na Paulista nesse sábado, com suas faixas, cartazes e caras bravas, e não vai adiantar PORRA nenhuma, entendeu? Porque aqui, nesse “paisinho” de merda, ninguém se sensibiliza com coisa pouca não. Não adianta apelar para o emocional.

Quer saber o que funciona, seu bosta? Vai pra Brasília, no dia da posse. Vai lá e atira uma pedra na cabeça de um. Dê um tiro na boca de algum deles. Acho engraçado num país onde se matam prefeitos que são contra a corrupção (vide o caso Celso Daniel e agora do prefeito de Jandira), não se faça naa contra aqueles que estão do lado ruim da história. Sério. Somos um povo idiota, pacato, e submisso mesmo.

Então, se você não vai fazer nada, pare de reclamar.

Simplicidade

Publicado: 18 de fevereiro de 2010 por Kzuza em Cotidiano, Geral, Política
Tags:, , ,

Para ir trabalhar, seja de ônibus, seja de carro, sou obrigado a passar no meio da favela de Heliópolis, a maior da cidade de São Paulo. E agora, com o início do ano para os brasileiros (após o carnaval), o trânsito já está infernal. Não só pela quantidade de carros nas ruas, que aumentou, mas principalmente pelo descumprimento das leis. Carros estacionados em locais proibidos, entulho e lixo espalhado pelo meio da via, afunilam o tráfego no local, causando a lentidão.

Aí comecei a pensar em tantas outras coisas que tornam nosso dia pior e que poderiam ser resolvidas de forma simples: com o cumprimento da lei.

O Brasil é um país com excesso de leis, cujo cumprimento é mínimo. Temos um poder legislativo inflado que faz com que nosso dinheiro vá embora aos montes. E para que? Para legislar o que, se já existem tantas leis?

O trânsito seria muito melhor se todos motoristas cumprissem as leis já existentes. O preço de CDs e livros seria muito mais em conta se ninguém comprasse produto pirata, o que é proibido. Os ingressos de shows seriam muito mais baratos se não houvesse tanta gente falsificando carteirinha de estudante, o que também é crime. A cidade seria muito mais limpa se os cidadãos não jogasse lixo pela janela do carro.

Ou seja, é tudo questão de comportamento. O descumprimento das leis é a causa principal dos problemas que enfrentamos na nossa sociedade, e não a ausência delas. E isso acontece porque ninguém quer fiscalizar. Fiscalizar dá trabalho, e brasileiro não é chegado em trabalho. E a polícia não quer prender, quer ganhar dinheiro. E a justiça não quer julgar, quer aparecer. E isso tudo vira um ciclo vicioso, do qual não sairemos jamais.

Hoje ouvi no rádio que os parlamentares terão 12 dias de folga nesse mês de Fevereiro. No dia 11, não houve sessão deliberativa. Dia 12 foi sexta-feira, e ninguém trabalha mesmo. Essa semana é folga total. Dia 22 é segunda-feira, e também não há expediente. E eles só voltam no dia 23 ao plenário. E alguém vai sentir falta? Nunca. Porque não é isso que move o país. Aliás, isso só faz o país andar para trás. Porque o povo não faz idéia do que os parlamentares fazem lá. E são mais de 500 deputados e mais de 80 senadores. Para legislar o que já está legislado. Comendo o seu dinheiro. E o meu também.

Será que é difícil entender por que uma sociedade justa começa pelas pessoas debaixo, e não pelas que estão no poder?