Posts com Tag ‘Áustria’

Eurotrip – 8° dia – Viena / Áustria

Publicado: 14 de agosto de 2014 por Kzuza em Viagem
Tags:,

E hoje não choveu. Muito.

Fomos pela manhã a um parque de diversões que fica do lado leste da cidade. Muito bacana por sinal. Parece aqueles cenários de filmes da década de 80. É tipo um Playcenter.

Lá fomos visitar o Madame Tussauds, que fica dentro do parque. A Ju insistiu pra ir, porque para mim não é mais novidade. Obviamente o daqui é menor que o de Londres e de NY, mas tem muita coisa legal também. A funcionária mesmo nos perguntou o que nós, do Brasil, fazíamos aqui nessa época…rs

Em seguida fomos ao aquário. Lugar muito bacana também. Uma fila de meia hora pra entrar, um lugar abarrotado de crianças, mas vale à pena. A vista do terraço é bem bonita também.

Voltamos para o hotel para deixar umas coisas que compramos para depois sair pra jantar. E aí a chuva apertou mesmo. Quando parou, fomos de novo ao festival de filmes, onde também tem a feira gastronômica. Eles estavam exibindo uma ópera no telão, e mesmo com uma chuva fraca muita gente pára pra ver. A Ju comeu um kebab numa barraca turca e eu, um crepe numa francesa. Ainda abatemos um wafle de nutella e nozes e um sorvete Magnum de champagne.

Assim acaba Viena. Sem muito o que falar, mas o tempo pesou.

Surpresa do dia (ou até da viagem): a cultura europeia é muito diferente da nossa mesmo. A quantidade de pais viajando e passeando com crianças aqui é enorme. Cansamos de ver casais de mochileiros com 2 ou 3 filhos. E dane-se o frio e a chuva. Os pais não estão nem aí.
Além dos cachorros. Cachorro aqui é bem vindo em qualquer lugar. Até no trem que viemos de Praga tinha um. Nego anda com cachorro no metrô, no shopping, no restaurante, etc. E não vimos uma sujeira na rua.

Presepada do dia: no café da manhã, uma das funcionárias chegou na nossa mesa para explicar que eles estavam terminando de servir o café e que o serviço seria encerrado. Quer dizer, suponho que tenha sido isso porque outras 2 funcionárias fizeram o mesmo nas outras mesas. SUPONHO. Porque a menina falou num alemão tão convincente que eu só tive que aceitar. A Juliana perguntou ainda se eu tinha entendido algo, mas é óbvio que não. Depois acho que a menina se deu conta e saiu meio sem graça, sem explicar de novo em inglês. 

Eurotrip – 7° dia – Viena/Áustria

Publicado: 13 de agosto de 2014 por Kzuza em Viagem
Tags:,

Bem amigos da rede globo, chegamos ao fim da primeira semana longe de casa. A saudade já aperta, mas vamos que vamos, pois ainda tem chão.

Diazinho feio do caralho por aqui. Muita chuva e temperatura baixa.

Fomos pela manhã ao Palácio de Schönbrunn. Fica pertinho do hotel, então fomos à pé. Lá visitamos o palácio, que é lindo por dentro, o jardim romântico, os labirintos naturais e toda a área dos jardins. Cerca de 3 horas de passeio. É tipo Versailles, mas eu achei bem mais bonito aqui. Tive a impressão de ser muito mais bem conservado.

Lá nos deparamos com os piores inimigos de quem viaja sozinho: os grupos de excursão. Se você já viajou por conta própria, sabe sobre o que estou falando. Principalmente se forem asiáticos. Eles dominam o lugar como se fosse deles. E se você acha brasileiro mal educado, precisa andar mais por aí e verá que somos um dos povos mais respeitosos do mundo.

De lá fomos à região central. Conhecemos a Karienplatz, a Opera house, a catedral de St Stephen (a Sé tinha sido a catedral gótica mais linda que eu tinha visto até então, mas essa é realmente linda), a praça dos museus, o parlamento e a praça onde fica o Vienna City Hall. Essa sim foi a:

Surpresa do dia: está rolando um festival de cinema nesse parque. E há também um festival gastronômico com barracas de vários países (inclusive Brasil, com caipirinha, churrasco e feijoada). Muito bacana o lugar!

É difícil saber se estamos na Áustria ou na Alemanha. O idioma é o mesmo e tudo é bem parecido. O povo alemão é mais bonito, mas o austríaco é muito, mas muito mais simpático.

Presepada do dia: minha pronúncia está maravilhosa. Pedi uma cerveja Paulaner Weissbier e ganhei uma Banane Weissbier. Sim, os caras têm cerveja de banana, e por incrível que pareça, é boa.

Eurotrip – 6° dia – Viena/Áustria

Publicado: 12 de agosto de 2014 por Kzuza em Viagem
Tags:,

Chegou a hora de partir para a nossa terceira cidade. Mas não sem antes ter a…

Presepada do dia: não queria começar aqui, mas vai ter que ser. Pegar o trem de Praga pra Viena foi, sem dúvida, a maior aventura por aqui. Isso porque pegamos o trem numa estação chamada Holesovice, que não é a Central. É tipo uma parada intermediária, então o bagulho tem que ser rápido. Mas rápido mesmo! Tivemos até que segurar a porta do trem para embarcar. E nada de funcionários pra ajudar, nada. A estação é feia e fedida, com mendigos fedendo mijo e garotas noiadas. Sinistro.
Detalhe que o trem estava lotado de gente que ia descer na estação central, então tivemos que aguardar até chegar lá para podermos chegar aos nossos lugares.

Enfim, o trem vem abarrotado de mochileiros. Gente do mundo todo mesmo, é algo impressionante. Mas o serviço de restaurante do trem pelo menos foi uma boa surpresa.

5 horas e meia de viagem até Viena, com umas 7 paradas pelo caminho, entre elas Brno, uma cidadezinha charmosa da República Tcheca.

image

image

Fora um casal de espanhóis que veio do nosso lado falando mais do que as amigas sacoleiras que pegam o fura-fila pra ir à 25 de Março.

Em Viena, tudo bem diferente. Deve ser a maior de todas as cidades que vimos até agora. Tudo limpo e organizado, numa escala bem maior que Munique.

O tempo está como nosso hotel: uma bosta. Chovendo e friozinho. Paramos para comer aqui do lado do hotel e por lá ficamos. Não daria pra ir mais longe, ainda mais à noite. Amanhã veremos mais da cidade.

A recepcionista do hotel é mais grossa do que eu às segundas pela manhã. O hotel é velho e o piso de madeira dos quartos range barbaridade. Deviam ter escrito isso no Trip Advisor…rs

Surpresa do dia: Viena já ganhou o prêmio de melhor comida e melhor cerveja da viagem. Comi uma bisteca de porco com manteiga de ervas que era algo alucinante (sem duplo sentido). E as cervejas… ah, as cervejas…