Uma legião de imbecis

Publicado: 24 de fevereiro de 2016 por Kzuza em Política
Tags:, , ,

size_810_16_9_panelaco.jpg

Ontem à noite rolou a propaganda eleitoral do Partido dos Trabalhadores. Omiti propositalmente o “gratuita” já que, tendo em vista os últimos resultados da operação Lava-Jato, duvido muito que tenha saído de graça.

Como vem se tornando comum nos últimos tempos, muitas pessoas protestaram durante o programa, que contou com a ilustre presença do ex-presidente Lula. As formas mais comuns de manifestação foram as luzes piscando nas casas e o já quase tradicional panelaço.

O fato é que diante do atual cenário nacional e das crises econômica e política instauradas, o povo anda meio puto da vida. Tenho comigo uma teoria: o brasileiro é um povo pacato, inocente e tolerante demais; a gente suporta roubalheira, tolera incompetência e pouco se importa com posições políticas, mas quando a inflação e o desemprego crescem de maneira absurda, aí brasileiro resolve ficar macho!

E é meio óbvio que essa raiva recaia sobre o presidente do país e seus aliados. Sempre foi assim. A gente sempre reclamou, de Sarney à FHC, e depois da dupla Lula e Dilma. Mas enquanto não metiam (diretamente) a mão no nosso bolso, enquanto a inflação estava controlada e o desemprego era moderado, a gente até conseguia viver em paz.

O problema maior é que o atual governo, que na verdade é o mesmo há 13 anos, meteu tanto os pés pelas mãos que agora está todo mundo apavorado. E aí nego vai reclamar de tudo quanto é jeito mesmo. A roubalheira foi tão escancarada que não há como defender o atual governo. Não há mais nem sequer o discurso de “governar para os pobres”, porque da mesma forma como os pobres “conquistaram” muitas coisas graças ao PT, isso tudo está indo embora, com a mesma velocidade.

Agora quer ver uma coisa que me deixa inquieto de verdade? Povo chato.

O governo fode com a vida do cidadão, atola o país em crise, mete a mão no dinheiro do povo, estraçalha com a economia e o cara diz que tem “vergonha alheia” de quem bate panela ou pisca a luz durante o horário político do PT. Sério?

É esse mesmo povo que reclama do nome da última fase da operação Lava-Jato (“acarajé”), por não respeitar as religiões africanas, mas está pouco se importando com o real objetivo da operação, que é prender bandido.

Li por aí que o brasileiro não sabe o que é democracia, porque bate panela na hora do horário político do adversário para não escutar o que ele quer dizer. Sério, há muita coisa que é melhor nem ouvir mesmo.

Gente tem vergonha alheia do grupo que faz dancinha ensaiada no protesto pedindo impeachment, mas não sente vergonha ao ver o governo gastando rios de dinheiro com cafés da manhã luxuosos, suítes presidenciais em hotéis 5 estrelas ou vôos em classe executiva.

Ou seja, tem muita gente mais preocupada com a forma de se manifestar do que propriamente com o motivo pelo qual estão protestando. Olavo de Carvalho que o diga. Enquanto o povo fica discutindo qual tipo de protesto é legal ou inteligente, ou qual é o jeito certo de incomodar o governo, eles continuam cagando na cabeça de todos nós.


Adendo: eu não bato panela nem pisco a luz do meu apartamento, mas apoio quem o faz (pela causa, não pela forma). Acho ridícula a coreografia do grupo de verde e amarelo nas manifestações, fazendo uma dança bizarra pra chamar a atenção. Mas se é por uma causa justa, tem meu apoio. Mas então, qual seria minha forma predileta de protesto? Eu não teria coragem, mas não seria uma má ideia um grupo de vingadores cabra-macho surgindo na calada da noite, matando e esquartejando um político corrupto por semana. Não daria um mês para que a mentalidade começasse a mudar.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s