A justificativa pelo retrocesso

Publicado: 17 de setembro de 2015 por Kzuza em Economia, Política
Tags:, , ,

A crise política e econômica pela qual o nosso país está passando é tão grave que hoje não há um ser humano que eu conheça capaz de defender o atual governo federal.

Mesmo assim, tenho lido uma série de absurdos nos últimos dias que me fazem pensar se as pessoas são desonestas por natureza, ou se ainda há tanta gente desacreditada assim no mundo

Eu sou o tipo de cara que acredita que precisa ser um homem melhor hoje do que eu fui ontem. Vivo em constantes mudanças e adaptações, sempre andando para a frente. Pequenas conquistas, pequenos gestos diferentes, sempre procurando evoluir. Não sou hoje o que eu era há 10 anos atrás. Acho que a maior parte das pessoas pensam igual. Se um dia eu voltar a ser como eu era há 10 anos atrás, eu irei morrer de vergonha. Será uma grande derrota para mim. Afinal, eu batalhei para chegar onde cheguei hoje. Não aceito retroceder.

O problema é que eu vejo ainda muita gente tentando justificar a fase pela qual passamos comparando nosso momento com momentos de um passado negro. Veja bem, como eu disse, não conheço ninguém que consiga defender o atual governo petista, mas conheço muita gente tentando justificar o que eles fazem.

Se a Dilma e sua equipe resolvem recriar a CPMF, imposto que o próprio PT lutou para extinguir, um monte de gente aparece para dizer que o próprio FHC foi quem criou tal imposto (como se na época ninguém tivesse reclamado). Se o partido se afunda em escândalos de corrupção, prontamente justifica-se que a corrupção sempre existiu no país. Se a nota de bom pagador do país é rebaixada pela Standard & Poors, surgem aqueles que dizem que foi o próprio governo do PT quem havia colocado país nesse ranking e que isso não vale de nada. Se a inflação sobe a cada mês, isso é relativizado porque inflação alta mesmo era na época antes do Plano Real, então não devemos reclamar.

Podem apostar que se os cortes do Bolsa Família começarem a afetar os beneficiados, surgirão vários defensores dizendo: “Ah, mas antes do PT nem existia Bolsa Família!”. Ou seja, não importa se estamos andando para trás, desde que não cheguemos nos períodos mais negros da nossa história.

Fico pensando: será que todos os retrocessos que tivemos no governo Dilma podem ser justificados pelo simples fato de que não estamos tão mal (há controvérsias!) quanto estávamos na época de FHC ou da ditadura militar, mesmo que estejamos infinitamente piores que no início do primeiro governo da presidAnta?

Tenho a impressão de que, se depois de 16 anos no poder, o PT deixar o poder e largar o país na mesma situação que estava ao término do governo FHC (mesma inflação, mesmo valor do dólar, mesmo IDH, mesma posição no ranking mundial de educação, etc.), eles irão se vangloriar disso! Se isso não é assumir o fracasso, não faço ideia do que seja.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s