Eurotrip – 3º dia – Praga/República Tcheca

Publicado: 9 de agosto de 2014 por Kzuza em Viagem
Tags:,

Enfim, deixamos a Alemanha para trás. Voltaremos para lá no último dia de viagem para pegar o vôo de volta para o Brasil, mas isso ainda está longe (graças a Deus).

Fomos de táxi até a estação de Harckerbrüke, em Munique, de onde sairia nosso ônibus para Praga. Lá há uma rodoviária onde saem ônibus para vários lugares dentro da Alemanha e para países vizinhos. O ônibus é super confortável, daqueles de 2 andares, e estava meio vazio. Nossos lugares estavam demarcados frente à frente com duas chinesas, mas quando percebemos que o ônibus vinha vazio, mudamos para um banco só para nós. A viagem durou cerca de 4,5 horas, mais rápido que o próprio trem que liga as duas cidades, pois não tem parada nenhuma. Devido a obras na estrada, ainda houve um atraso de 10 minutos no tempo de chegada. A Deustche Bahn, empresa que administra esse busão em que viemos, envia automaticamente um e-mail para os passageiros já avisando o tempo de atraso.
IMG_20140808_130130
O ponto final é na estação central de Praga. Nem vou me preocupar em colocar o nome das estações e dos pontos turísticos aqui porque é tudo impronunciável. Jà havia ouvido falar sobre os idiomas do leste europeu, mas isso daqui é coisa de filho da puta. Não lembra nada. E para ajudar, poucas sinalizações têm tradução para o inglês.

Trocamos alguns euros pela moeda local, coroa tcheca, que é extremamente desvalorizada. Para se ter uma ideia, um Real compra mais de 9 coroas. Nas cotações locais, um Euro compra entre 26 e 27 coroas. Os caras não usam sequer centavos. As moedas são todas de valores inteiros, o que causa uma confusão dos diabos. Certa vez um amigo do meu primo disse que, se você vem para a Europa com Euros, você se sente milionário em Praga. Exageros à parte, é mais ou menos isso que acontece. A impressão que temos é que a economia não vai lá essas coisas por aqui. De qualquer forma, qualquer lugar aceita Euro normalmente, claro que com o câmbio que melhor lhe convir.

Viemos para o hotel de metrô (depois explico na sessão presepadas do dia).

Chegamos morrendo de fome e comemos uma pizza num shopping onde fica instalado nosso hotel. O restaurante é do próprio hotel, mas fica dentro da praça de alimentação do shopping. A garçonete se mostrou chocada porque pedimos pratos para comer a pizza, e não o fizemos com as mãos.

Depois fomos à região da cidade velha, que é magnífica. Visitamos a famosa Ponte Carlos, e a praça da cidade velha onde ficam uma igreja central (acho que é São Vito, mas confirmo depois porque estava fechada e iremos visitá-la depois) e a torre do relógio astronômico. Bonito, mas maio decepcionante porque achávamos que era um negócio bem maior…rs…
20140808_175441

20140808_175814

20140808_175939

20140808_180103

20140808_180121

20140808_180411

20140808_182440

20140808_184211
A cidade está abarrotada de turistas. Mas abarrotada pra caralho! Eu nunca vi tanta gente num lugar só. É difícil de andar nas ruas. A ponte Carlos parece o viaduto do Chá na hora do almoço. As ruas estreitas da cidade velha parecem a 25 de Março em época de Natal. E não estou exagerando.

Paramos para tomar um negocinho e comer alguma coisa num restaurante italiano próximo a onde pegaríamos o metrô. E vou contar: que sorte do caralho. A Ju queria algo refrescante e tomou um mojito. Gostou tanto que tomou mais 2. Eu fiquei só na cervejinha mesmo e acabei tomando um litro. E depois pedimos um negócio pra comer que vou lhe falar…. puta que pariu! Não costumo tirar foto de pratos, mas esse valeu à pena. É tipo um medalhão de cogumelo. Sim, um cogumelo frito (diz no cardápio que é Funghi, mas não sei, parecia shitake), enrolado com bacon, com espinafre refogado com creme de iogurte por cima. Ô, vai se fuder, puta negócio gostoso. E bonito.
20140808_195251

20140808_191751
Voltamos para o hotel e nem descemos para jantar. Descansamos para poder dormir, pelo menos um dia, até a hora que quisermos. Amanhã tem mais.

Surpresa do dia: Praga é realmente linda, como prevíamos, mas é extremamente lotada. Acho que é a época do ano, pois ainda estamos mais ou menos em temporada. O calor ajuda também.

Presepada do dia: Pegar o metrô em Praga é realmente uma aventura. Descobrir qual ticket comprar nas máquinas automáticas é um parto. Quase nada em inglês para explicar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s