Eurotrip – 1° dia – Munique / Alemanha

Publicado: 7 de agosto de 2014 por Kzuza em Viagem
Tags:, , ,

Primeiramente, queria pedir desculpas ao Mathias por usar o espaço pra isso, mas achei por bem ir registrando os passos da viagem por aqui. Vai ser longa, então melhor escrever diariamente para não perder os detalhes.
Enfim, chegamos em Munique às 9:30h dessa quarta-feira, 6/Agosto/2014, como planejado. Um vôo fantástico num A340-600 da Lufthansa, o maior avião no qual já voei. Serviço de bordo de primeira.
A imigração alemã parece brincadeira. Tive a impressão que conseguiria entrar no país até se eu tivesse armado, de tão tranquilo que foi. Em poucos minutos já havíamos pego as malas e saído do aeroporto.
Pegamos um táxi até o hotel. Um Audi que mais parecia um avião.  “Senduvidamente” o carro mais lindo no qual já andei. O taxista falou meia dúzia de palavras numa corrida de 43km feita em meia hora (os caras voam baixo nas estradas aqui).
Estamos no hotel Grünwald Garni, no distrito de Aubing. Hotel meio familiar, super confortável. A recepção é ótima e o quarto também.

image

Demos aquela descansada básica e fomos até a Marienplatz dar um rolê e conhecer a cidade. Munique lembra muito Amsterdã, com muitas bicicletas e trams (vulgo bondes) dividindo as ruas centrais com os pedestres. A praça Viktualienmarkt é tipo um mercadão à céu aberto (talvez seja esse o significado do nome em alemão, sei lá). No meio da praça há uma área grande cheia de mesas onde o povo, em plena quarta feira às 15h, fica enchendo a cara de cerveja (as menores canecas são as de 0,5 litro!).

image

A biergarten Hofbräuhaus é um excelente lugar pra tomar cerveja, com o típico atendimento rude alemão. Aliás, se quiser ser bem atendido, essa não é sua cidade.

image

À noite jantamos num restaurante ótimo perto do hotel. Comida farta e de qualidade, com boa cerveja (pra variar) por 22 euros. Justíssimo.

Surpresa do dia: Munique é muito mais movimentada e contemporânea do que eu pensava.

Presepada do dia: A estação Marienplatz é tipo uma estação da Luz em escala 10x maior. Por ela passam 347 linhas de trem e 457 de metrô, entre elas a Jubillee line (londrina) e a linha 4 amarela. A sinalização não é um forte dos alemães, então ficamos zanzando por bons 15 minutos, subindo e descendo escadas, pedindo informações, até achar a plataforma onde nosso trem passava. Ele e mais umas 8 linhas.

Anúncios
comentários
  1. Mathias disse:

    Eu que sou o coadjuvante… faça um diário de bordo da viagem!
    Mas põe no Face… isso aqui é só teia de aranha e moscas!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s