Seu príncipe encantado vendeu o cavalo branco

Publicado: 18 de novembro de 2011 por Kzuza em Relacionamento
Tags:

É muito engraçado ver como homens e mulheres são diferentes, principalmente quando o assunto é relacionamento.

Andei lendo um livro chamado “Ria da minha vida antes que eu ria da sua”, onde um cara chamado Evandro Daolio escreve algumas boas teorias sobre relacionamentos. Isso me fez analisar melhor pessoas próximas (amigos e família) e cheguei à conclusão que boa parte das teorias que ele cita no livro se aplicam à muita gente que conheço. Mas também desenvolvi algumas teorioas a respeito de relacionamentos, as quais creio aplicarem-se a um grande contingente também.

Observando meus amigos, solteirões e solteironas, por volta dos 30 anos de idade, percebi que homens acabam sendo muito mais bem resolvidos nessa questão em relação às mulheres. Sério. Por mais imaturos que nós homens sejamos, nesse ponto levamos vantagem (não no meu caso, pois sou casado). Homem aceita muito melhor o fato de ser um solteirão encalhado do que as mulheres. A maioria dos meus amigos homens assumem o fato de quererem não assumir um relacionamento, ou então assumem o fato de serem uns merdas e não conseguirem até hoje se manter em um namoro sério por muito tempo.

Mulheres são muito, mas muito diferentes nesse tipo. Porque na verdade, por mais difícil que seja admitir (e elas não admitirão de jeito algum), elas se sentem mal quando estão solteiras nessa faixa de idade. Algumas jogam a culpa nos homens, afinal, não existe nenhum que esteja à sua altura. Não existem homens maduros, ou que sejam merecedores do seu amor, etc. Coisa assim. Pura balela.

A solteirice é a praga que mais atormenta as mulheres depois dos 25 anos, meus amigos. Talvez até mais que a celulite ou a gordura localizada. Atormenta, mesmo no subconsciente, inclusive aquelas que já namoram. Conte para você mesmo quantas amigas, conhecidas e parentes suas que, mesmo sabendo do traste que têm como companheiro, mantêm seu relacionamento? Isso é mais sério do que você pensa. Homens não pensam duas vezes antes de meter o pé na bunda de uma vadia ou de uma mulher chata (é claro que existem exceções), mas mulheres relutam milhares de vezes mais antes de fazer o mesmo. Não estou generalizando, estou apenas comentando que isso é muito mais comum do que você pensa.

Existe um erro muito comum, tanto em homens quanto em mulheres, em acreditar que o seu par ideal está agora, em casa, assistindo novela sentado no sofá ao lado da mãe. Ou então em uma igreja rezando, ou fazendo ações de caridade em uma comunidade pobre na periferia. Essa é uma teoria que o Evandro descreve bem no livro. Acordem para a vida, solteirões da minha vida. O seu marido/mulher ideal também paquera, também sai “à caça” na balada, também beija bocas alheias por aí. E nem por isso não é ideal.

Numa conversa com uma amiga minha essa semana, ela mencionou que “enquanto meu príncipe encantado não chega em um cavalo branco, eu vou me divertindo”. Depois paramos e pensamos direito. Príncipe encantado? Cavalo branco? O cacete! Mulher nenhuma hoje em dia quer isso. Mulher quer um cara para dividir as contas (de preferência, 90% para ele e 10% para ela), que banquem passeios bacanas, que as agradem de vez em quando (sim, de vez em quando, porque se for sempre, elas menosprezam) e que tenham pegada firme na cama. É praticamente só isso. Claro que uma ou outra vai ter uma manha aqui ou outra acolá, mas isso é hoje o centro de qualquer relacionamento. Sem isso, meu amigo, pode esquecer.

Homens querem uma bunda gostosa e uma mulher que fale na medida certa, nem muito, nem pouco, sem encher o saco. E só, fácil assim.

Mas enfim, somos mesmo muito diferentes.

Nota de premonição: Mulheres vão odiar o texto e não vão admitir que se enquadram no que eu disse, embora se enquadrem. Esqueci de dizer aqui que elas são muito mais difíceis de dar o braço a torcer. Vão me achar machista. Já os homens…. ah, esses pensam todos iguais….

Anúncios
comentários
  1. Michelle disse:

    Acredito que essa postura envolva mais a questão da reprodução em si.
    É inconsciente.
    Homens não tem o prazo tão curto para ser pai como as mulheres tem. O relógio biológico grita…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s