Alguns mortos são diferentes dos outros

Publicado: 19 de novembro de 2010 por Kzuza em Geral
Tags:,

Fiquei espantado ao saber que nesse último feriado 142 pessoas morreram em acidentes nas rodovias federais. Isso quer dizer que, só em 3 dias, morreu quase a mesma quantidade de gente que morreu no acidente com o avião da Gol. Praticamente um Airbus A320 cheio.

Só que acidentes de avião, trágicos, ocorrem em média a cada 3 anos. E feriados prolongados, aqui no Brasil, são pelo menos 6 por ano. Isso sem contar o dia-a-dia nas cidades e nas estradas estaduais.

Minha dúvida é: por que o povo não se sensibiliza com isso? Por que a imprensa não cai de pau em cima de mais essa tragédia? Só porque as mortes são espalhadas por aí, e não concentradas em um único local, elas são menos representativas?

O trânsito mata mais gente no Brasil do que a guerra no Iraque ou no Afeganistão. Mas e daí?

Acho tudo isso uma hipocrisia absurda. Porque a formação de motoristas é ridícula, porque a corrupção come solta nos Detrans do país, porque a fiscalização é falha, e o povo está cagando se tem gente morrendo aos montes por aí. Mas deixa cair um avião pra você ver. Ah, aí tá todo mundo fodido. É ANAC, é Ministério Público, é Associação de Vítimas, é o Globo Repórter, é a puta que o pariu em cima da tragédia. Volto a perguntar: qual a diferença???

(Vou abrir um parênteses aqui. Todo mundo tá cansado de saber que a maior parte dos acidentes de trânsito é causada por motoristas embriagados. O álcool arregaça com a vida de muita gente por aí, e não é só no trânsito. Mas o governo tá cagando pra isso – não me espanta, afinal nosso próprio presidente é adepto. Qualquer um compra bebida alcóolica com a mesma facilidade que se compra um pão. E danem-se as mortes, e danem-se as famílias destruídas. É como o cigarro: “O Ministério da Saúde adverte: nicotina é droga e causa dependência”. Mas foda-se, a gente deixa vender numa boa assim mesmo.)

Anúncios
comentários
  1. punkdoc disse:

    Não precisa nem comparar os mortos no trânsito com os de acidente aéreo. É só vc pensar no caso do jatinho Legacy americano que derrubou um avião comercial no Brasil. Se fosse o contrário, um jatinho bresileiro que tivesse derrubado um vôo comercial americano, nós estaríamos nesse momento invadidos como o Iraque e o Afeganistão por sermos um país de terroristas.

    Curtir

  2. Rodrigo disse:

    ta aí a resposta:

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s