Casamento é pra gente grande

Publicado: 1 de junho de 2010 por Kzuza em Relacionamento
Tags:

Estando prestes a completar meu primeiro ano de casado (o que é uma eternidade para alguns), devo confessar que acho isso um barato. E não é porque estou fazendo média, já que minha esposa é uma das únicas leitoras desse espaço, mas sim porque é bacana mesmo. Não, não é fácil, a água não é quentinha, a cerveja não é gelada e nem a música é sempre a mais agradável, mas mesmo assim é show de bola.

O que me intriga é gente que diz que casamento não presta. Ou que casar é para quem gosta de sofrer. Ou que o casamento é uma prisão. No último domingo fui à festa de bodas de ouro da minha madrinha. E eles não tem essa opinião. Nem eu.

Até porque quem torna o relacionamento sofrido é o próprio sofredor. Porque todas as pessoas do mundo são diferentes umas das outras, mas todas possuem defeitos e qualidades. Todas. E dentre as diferenças entre nós, seres humanos pensantes, uma das que faz um relacionamento dar errado é a tolerância. A capacidade de aceitar as diferenças. A capacidade de engolir algumas coisas que estão erradas, que são contra a sua vontade, mas que movem o mundo.

É assim no seu trabalho. Na sua faculdade. É assim até com seu time do coração. Porque se você não tolera que, nesses lugares, podem ocorrer coisas que são contra os seus ideais, você vai sofrer também. Quem nunca pensou em desistir da faculdade por conta de uma matéria que enchia o saco, e que você não entendia o porquê dela estar no currículo? Quem nunca quis pedir as contas quando o chefe/cliente chato não cansava de aporrinhar? E quem nunca sofreu quando o jogador do seu time perdeu aquele gol feito na final do campeonato?

Casamento está quase lá. Aliás, qualquer relacionamento está quase lá. Sempre tem aquela matéria chata (a minha, no caso, é levar a mulher no shopping pra comprar roupa). Sempre tem o chefe chato (quando eu tenho que fazer algo que não quero). Sempre tem o jogador ruim (ela deixa de fazer algo porque esqueceu). Mas eu consegui me formar na faculdade, nunca perdi a paciência no meu trabalho, e até hoje torço pro meu time. Então por que motivo eu não estaria casado, se eu tenho carinho toda noite, uma companheira linda e bem-humorada, e que está ao meu lado para tudo?

Sinceramente, se a gente olhar melhor, nossa vida tem muito mais coisas boas do que ruins. É por isso que vale à pena curtir tudo isso. E o casamento também tem muito mais pontos positivos do que negativos. E se você souber tolerar os pouquíssimos pontos negativos que existem, irá ter a mesma opinião que eu.

Anúncios
comentários
  1. nina disse:

    O que posso dizer a não ser OWNOWNOWNOWNOWN

    Curtir

  2. Cara, não tem nada de #GayDetected no texto, fica frio. Você completou 1 ano de casado, eu tenho 6 (10 com o namoro)! O que vc escreveu faz todo o sentido e pensar dessa forma é o que me faz continuar casado. A vida de casado não é fácil, mas é melhor sofrer por ter alguem do lado do que sofrer por ser um derrotado sozinho. É uma escolha: ou você assume que é solteiro, sai plantando o saco na mulherada alheia e vive feliz assim, ou vc opta por ser um homem tranquilo, com UMA mulher ao seu lado e vive feliz assim tb! O importante é saber o que quer. Eu quero ficar casado.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s