Aí sim!

Publicado: 27 de abril de 2010 por Kzuza em Música
Tags:,

Em tempo, o último sábado sim foi dia de um show digno de casa lotada.

O Credicard Hall recebeu um público arrebatador para contemplar uma das maiores bandas de heavy metal da história: Megadeth. Aliás, acho que o nome mais propício seria Dave Mustaine & Band, porque a banda de fato nunca teve uma formação fixa. Mustaine é daqueles caras bipolares, temperamentais, feridinhos, que age por impulso e monta a banda de acordo com seus interesses. Mas a real é que a formação atual, com o retorno de David Eleffson às quatro cordas, e mais Chris Broderick na guitarra solo e Shawn Drover nas baquetas é para mim a melhor desde a saída de Marty Friedman em 2000.

Acho impossível gostar de Megadeth e não gostar de Iron Maiden e Metallica, embora cada um tenha o seu preferido. Mas as 3 bandas são unanimidade no quesito rock pesado. Com a diferença de que Megadeth e Iron Maiden sempre foram fiéis às suas origens. Continuam a mesma banda de 30 anos atrás.

Mustaine e Eleffson no palco nesse final de semana pareciam os mesmos meninos de 20 anos atrás, quando o Rust in Peace foi lançado. Os mesmos cabelos, a mesma pegada, a mesma “fritadeira” do começo ao final. Pancadaria pura.

Nem parece que Dave teve um grave problema no braço que o fez parar de tocar anos atrás, quase interrompendo sua carreira musical. A base das músicas é trabalhada. E eles não estão nem aí para crítica, eles estão lá para tocar. Como disse o próprio vocalista no primeiro momento em que se referiu ao público paulista: “We know why you are here”.

Sim, porque ninguém queria papo. Ninguém queria uma banda cheia de conversa. E a nossa vontade foi atendida. São Paulo ganhou de presente o maior set-list da atual turnê da banda. Que tocou Rust In Peace na íntegra, como era previsto, mas também tocou todos seus clássicos. Com direito até à A Tout Le Monde, que surgiu como uma surpresa para o público presente.

Enfim, o Megadeth provou sim que é ainda está no auge. E que são melhores do que o Metallica sim, principalmente no quesito originalidade e fidelidade.

Nota: Sim, claro, 4 cabeludos no palco significam um show de verdade.

Anúncios
comentários
  1. me arrependerei até o dia que eu morrer por ser um pobre miserável e não ter ido a este show.

    Acho que vou voltar com o PW-S. Seria uma resenha foda. VDM.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s